A Comissão Europeia recomendou aos estados membros adoptassem medidas de forma a estimular que as empresas adiram à facturação electrónica.

Segundo a União Europeia, a adopção da factura electrónica traz enormes vantagens para as empresas e para a economia. A poupança nos custos de envio e a redução significativa nos prazos de recebimentos, foram alguns dos aspectos apontados pelo organismo Europeu.

“A facturação electrónica pode fazer uma grande diferença para as empresas, consumidores e comércio europeu no seu conjunto” e permitirá “ganhar tempo e dinheiro”, elucidou o comissário europeu responsável pelo Mercado Interno e Serviços, Michel Barnier.

A União Europeia quer definir um quadro legislativo coerente, nos 27 países, de forma a a favorecer uma adopção rápida e maciça da facturação electrónica pelas PME. Serão desenvolvidas novas normas  Europeias de forma a uni-formalizar o uso dentro do Espaço Europeu.

Fonte | Diario Digital